quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

NOSSO PASTOR JOSÉ PIMENTEL DE CARVALHO ESTÁ COM O SENHOR.

Caros irmãos

Nosso pastor Pimentel está com o Senhor.
Bem longe de nossa Curitiba, daqui de Moçambique,
Uma homenagem queremos prestar.
Não sou poeta, mas deixem-me pensar que sou.

Nossa despedida missionária para África do Sul
                   


Pastor José Pimentel de Carvalho:
Um pai, um pastor, um amigo;
Um exemplo digno de ser seguido.
Só a eternidade poderar nos mostrar
Quantas vidas ele pode abençoar.
Chamado por Deus para muitos fortalecer
Uma palavra amiga, um conselho ideal
Com paciencia e firmeza, sem nunca desfalecer
Exerceu o ministerio até o momento final.
"Calvário revelação de amor",
A Igreja cantará.
No coração uma dor;
Muitas saudades sentirá.
Prossigamos nosso caminho,
Seu exemplo a imitar.
Todos os fiéis, nunca estarão sozinho,
Pois Cristo, amigo leal, irá nos ajudar.

A FAMÍLIA PIMENTEL E A TODA IGREJA EM CURITIBA, PARANÁ, BRASIL

NOSSOS PESARES.

FUNERAL PASTOR JOSÉ PIMENTEL
DEUS HONROU SEU SERVO ATÉ AO FIM.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

SERVOS INÚTEIS

Dentre os varios problemas que nos levam a atrofia espiritual, temos a sede por aplausos, méritos e posições.
Os novos obreiros e até os veterranos esquecem-se que Deus jamais dará sua gloria aos homens, Isaías 42:8 "Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei..." e insensatamente decidem fazer algum trabalho para Deus pensando na recompensa, na retribuição, no reconhecimento humano, chegando ao extremos de quererem  barganhar com Deus, como se Deus fossem o homem falível.

Que absurdo ensinar ao crente que se ele der os dizimos, as ofertas, fazerem certos tipos de sacrifícios, poderão colacar Deus na parede e obriga-lo a fazer aquilo que queremos, pois estamos determinando. Que insensatez! Pode o barro ordenar ao oleiro? Isaías 45:9.

Infelizmente o imediatismo e o sincretismo religioso tem levado muito neófitos e pseudo cristãos a se envolverem com estes ministérios, que cheios de modismos e herisias arrastam milhares no caminho do evangelho do já! Esquecem que Deus é o Senhor e ele tem um plano para cada criatura e não é como o homem quer, mas como Ele quer.

Arrogantemente, muitos consideram-se dignos de méritos e que são privilegiados e até melhor que os outros como aquele fariseu soberbo. A atitude do publicano foi ao inverso, a humildade e o imerecido dominava seu coração recebendo a aprovação do Senhor. (Lucas 18:9-14).

Os discípulos de Cristo, em sua ignorância, pelejavam entre si disputando cargos e posições no equivocado governo do messias. "...Concede-nos que, na tua glória, nos assentemos, um na tua direita, e outro à tua esquerda". Marcos 10:37.

Noutra ocasião, Cristo vendo a ambição e cobiça dos corações deles, Marcos 9:33-37, lhe da uma bela lição, que , diga-se de passagem, precisa ser reafirmada pelos mestres e doutores da palavra de Deus que ao invés disto, estão se envolvendo em temas complicados e obscuros que não serve para ajudar  a maioria desses pretendentes que precisam, muitas das vezes, do leite espiritual para se nutrirem antes que sofram da inanição espiritual.

Vamos ser francos e ensinarmos aos nossos seguidores, sendo nós o exemplo, e deixarmos de nos violentarmos com os processos em tribunais de descrentes, servindo apenas para escandalizar a Obra santa do Senhor. Jamais nos esqueçamos do que Jesus afirmou em Lc 17.1,2.

Esta não é a Igreja que desejamos, quando nossos lideres ajem como os políticos mundanos, como pessoas sem temor que se utilizam de todo artifícios como a mentira, a calunia, a difamação e outros expedientes para galgarem certas posições e conquistas fraudulentas.

Que pena que estamos deixando a biblia de lado e extinguindo a ação do Espírito Santo e colocando o homem no centro de tudo. Cristo esta do lado de fora. Será que a sétima carta em Apocalipse capitulo 3 verso 20, um exemplo fiel da Igreja atual?

Urge que nos voltemos para o Evangelho, que Cristo seja o centro, onde sejamos apenas servo e servos uns dos outros e busquemos a direção de Deus com oração e jejum conforme a Igreja primitiva para a realização dos propósitos da obra do Senhor.

Se formos guiados pelo Espirito, as obras da carne inseridas em Gálatas, não terão lugar em nossas vidas e ao invés disto haverá em nós o fruto do Espirito Santo, a operação dos dons espirituiais e a Igreja será prospera e abençoada.

Algo nos conforta pois a Bíblia já nos adverte que no final  dos tempos será do jeito que estamos vendo atualmente.
Que tal pararmos um pouco nesta corrida desenfreada pelo poder e fama, aplausos e nos lembrarmos da parábola das 10 virgens. Oh! quanto desejo estar entre as 5 virgens prudentes, que mesmo adormecendo com as outras, entraram para as bodas, enquanto que as loucas, por não terem azeite nas lamparinas ficaram fora das bodas.

Logo no inicio do nosso ministério, o Senhor nos deu uma lição tão importante que tem me ajudado até hoje, e suplico à Deus, pelo seu amor e misericórdia, me ajude a conservar esta lição viva em meu coração:
Haviamos, realizado um trabalho muito importante na cidade.
Nosso pastor, os campanheiro da obra do Senhor e a Igreja; nos dedicamos com todo empenho para o sucesso da evento.
Me esmerei o máximo que pude. Trabalhei muito!
Na segunda feira, no pátio da Igreja, subiu ao meu pensamento um espirito de grandeza e comecei a pensar: Como trabalhei! se não fosse eu o trabalho não teria sido uma vitória. Fiz isso e aquilo. Se não fosse eu! Que tolice!

Louvo sempre ao Senhor que logo falou comigo, através do seu Espirito Santo: "Depois de haverdes feito tudo consideravai-vos servos inúteis, fizeste somente o que te mandei, era tua obrigação fazer o que fizeste".  Ver Lucas 17:10.

Ah! queridos irmãos, queira Deus que nos momentos que somos levados por esta tentação, ouçamos a voz do Senhor e humildemente caiamos aos seus pés em prantos e suplicando o seu perdão em total quebrantamento e arrependimento reconhecendo sempre que somos apenas servos inúteis.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

DISFARÇADOS EM FIÉIS CONTRIBUINTES.

Estamos tratando do tema Disfarce e hoje queremos tratar sobre um casal que ganhou destaque dentro do cenário da Igreja primitiva. Trata-se de Ananias e Safira, (Atos 4,5), um casal perfeito, se não fosse desmascarados pela ação do Espírito Santo.

A novel Igreja gozava de um avivamento fantástico.
Aos milhares, as pessoas se achegavam a Cristo.
De todos os cantos ecoavam as boas novas do Evangelho de Cristo.
Em Jerusalém, palco da maior ação desse novo movimento religioso (Estilo de vida), através dos fiéis apóstolos de Cristo, milagres aconteciam, deixando a população admirada com todos os sinais.

Quando irrompe um verdadeiro avivamento, uma das coisas que acontece é a voluntariado em contribuir com a obra de Deus.
Não só contribuir com a causa espiritual, todavia contribuir para ajudar os menos favorecidos.
Pairava sobre a Igreja este clima de contribuição. Centenas vinham aos pés dos apostolos trazendo suas doações. (Atos 4:34)
O despertamento fora tanto que o escritor de Atos chega dizer que ninguém tinha necessidade alguma.

Vendo este movimento, e não querendo ficar de fora, Ananias e Safira resolvem fazer parte do rol dos ofertantes.
Querer contribuir com a obra de Deus, tendo um coração avarento, torna-se um tormento, um pesadelo.
O valor da venda de sua propriedade era muito alto para doar integralmente para a causa de Deus.
Desejam serem visto pelos vizinhos, irmãos e amigos.
Todos estavam fazendo, eles também tinham que fazer.
Seus corações estavam apegados a soma do dinheiro.
Que fazer então? Como sempre, o diabo tem sua sugestão;
Não tardou para dar uma solução para o casal. Utilizar a artimanha do disfarce, da mentira do engano.
Muito simples: é só fazer de conta que o valor da venda fora "x" quando a realidade fora outra.
Combinaram, montaram um esquema perfeito, ninguém perceberiam nada, eles seria incluído na lista dos fiéis contribuintes. Seriam vistos por todos e seus ego seriam satisfeitos. Voltariam para casa aliviados.

Os pseudo fiéis contribuintes Ananias e Safira, puseram o plano em ação.
Surpreendido com a descoberta da sua farsa, Ananias se quer tivera tempo para se comunicar com sua comparsa da fraude religiosa. Caiu fulminado pela ação do castigo de Deus. O mesmo acontecendo com Safira.

Neste episódio destacamos alguns pontos que nos chamaram a atenção.
1º O Espírito Santo é Deus, a terceira pessoa da Trindade Divina. "...mentisses ao Espírito Santo... não mentiste aos homens, mas a Deus". (Atos 5:3,4);
2º Os jovens, atuando como coveiros, sepultando tanto o marido como a esposa fraudulenta.
Por quê os jovens receberam esta missão? Acredito que devia ser um ato de aprendizado, isto é, os jovens devem aprender desde cedo que contribuir com a obra de Deus é coisa séria.
Que os jovens devem aprender a lidar com as finanças seríamente. "Deus não se deixa escarnecer..." Gálatas 6:7.
Qual será sua conclusão. Desejo muito que o amado leitor dê sua opinião postando um comentário.

3º O atestado de morte do casal. Qual teria sido a causa da morte?
Poderíamos classificar como "mentir a Deus?"

Todos querem aparecer como bons cristãos.
A aparência é um problema entre o povo de Deus. Quantos estão nas fileiras do cristianismo aplicando o golpe do disfarce, parecem fiéis contribuintes, parecem fiéis servos(as) de Deus, fiéis esposos(as).

É bom lembrarmos que esta causa não é do homem, mas de Deus. Seria por acaso que  muitos estão caindo e expirando? Caindo da fé e expirando na fé devido a infidelidade?
"... porque Deus ama ao que dá com alegria". 2ª aos Coríntios 9:7.
Os que dão com alegria seus dizimos e ofertas; os que dão com alegria suas vidas para serem consumidas no altar do serviço cristão.