domingo, 24 de abril de 2011

COMO SER UM CRISTÃO VITORIOSO NOS ÚLTIMOS DIAS? II Parte.

ESTABILIDADE ESPIRITUAL.

"E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?
Qualquer que vem a mim e ouve as minhas palavras, e as observa, eu vos mostrarei a quem é semelhante.
É semelhante ao homem que edificou uma casa, e cavou, e abriu bem fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha: e vindo  a enchente, bateu com ímpeto a corrente naquela casa, e não a pode abalar, porque estava fundada sobre a rocha.
Mas o que ouve e não pratica é semelhante ao homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a corrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa". Lucas 6:46-49.

Milhares de mestres têm-se levantado por toda parte ensinando como ter uma vida de sucesso.
Livros de auto-ajuda são escritos aos milhares; conferencistas se levantam ao redor do mundo ensinando como fazer para ficar rico e multidões em delírios descambam em busca de suas ambições.

Entre os cristãos surge a teologia da prosperidade que arrasta milhares  a perseguirem seus sonhos e terminam direcionando suas aspirações apenas para a vida terrena, fazendo tudo e qualquer coisa para se ter o que desejam, até mesmo barganhar com Deus como se o Soberano fosse o homem mortal.

Nada contra os que desejam uma vida melhor aqui na terra, porem a bíblia nos declara o caminho a seguir para se obter uma vida de vitória e sucesso em qualquer área da nossa vida.

Pode alguém alcançar certos objetivos na vida e mesmo assim nunca se sentirem realizados, como acontecem com milhares que tem tudo, mas vivem infelizes, desiludidos e até por vezes terminam tirado sua própria vida.

No texto bíblico acima Jesus faz uma pergunta de suma importância. Todos querem ser servos de Jesus; chamando-o de Senhor, todavia nunca estão disposto a fazer o que Ele nos diz.

Desde já podemos enfatizar que para termos uma vida de vitória, com estabilidade; o primeiro passo é estarmos dispostos a fazermos o que Jesus nos manda fazer. Deixar a desobediência e trilharmos pelo caminho da concordância com Cristo para que possamos ser verdadeiramente seus servos.

O segredo para se realizar na vida é vir a Jesus, Ele não faz acepção de pessoas. Ele diz: "Qualquer que vem a mim..."


O segundo passo é vir a Jesus. Ele mesmo nos diz enfaticamente em João 15:5 "... porque sem mim nada podeis fazer."


  • Para aqueles que estão cansados e oprimidos ele diz : "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei". Mateus 11:28. 
  • Para os que tem sede de Deus e das coisas espirituais, ele convida: "Se  alguém tem sede, venha a mim, e beba." João 7:37b. 
  • Para os que buscam o caminho para Deus, o caminho da vitória e felicidade, bem como a verdade que nos esclarece toda duvida e para quem quer ter a vida verdadeira; Jesus declara: "..."Eu sou o caminho, e a verdade e a vida". João 14:6.  
  • Jesus ainda  se apresenta, no mesmo versículo, como o único que pode nos conduzir a Deus para nos reconciliarmos com Ele. "Ninguém vem ao Pai, senão por mim."


O terceiro passo é ouvir as palavras do Senhor. Ele diz: "... e ouve a minhas palavras, ..." Ouvir as palavras de Cristo nos torna bem-aventurado, mais do que feliz. " Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia..." Apocalipse 1:3b. No monte da transfiguração, Pedro Tiago e João, seus discípulos, receberam uma das mais sublimes instruções da parte de Deus. Jesus tranfigura-se diante deles e aparece Elias e Moisés conversando com Jesus, quando repentinamente a voz do Pai ecoa: "Este é o meu filho amado; a ele ouvi." Marcos 9:7b. A ele ouvi. Logo para sermos um cristão vitorioso faz-se necessário ouvirmos ao Senhor Jesus Cristo que é superior a Lei e aos profetas.

O quarto passo é observar a Palavra. Jesus diz: "... e as observa..." v. 47c. Observar é praticar, cuidar em fazer o que se diz e se manda. No verso 46 Jesus nos mostra que é primordial fazer o que ele nos diz.
Em Lucas 8:21 lemos que Jesus explicou que: "Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam. Executar, praticar aquilo que aprendemos.

Seguindo estes passos estaremos construindo nossa casa espiritual sobre um fundamento firme. Sobre a rocha que é Cristo. Adquiriremos estabilidade espiritual e em meios as diversidades da vida, estaremos firmados em Cristo, em seus braços, ouvindo a sua palavra que nos guia e nos conforta, fazendo tudo quanto ele nos mandar, conforme a instrução de Maria aos serventes nas bodas, em Caná da galiléia: "Fazei tudo quanto ele vos disser." João 2:5. Aleluia!

sexta-feira, 22 de abril de 2011

ASSEMBLEIA DE DEUS EM CURITIBA TEM NOVO PRESIDENTE

Pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby é novo pastor Presidente da IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM CURITIBA -CURITIBA PARANÁ-BRASIL.

Desejamos ao nosso pastor muita sabedoria e a revelação de Deus para pastorear o Rebanho do Senhor Jesus.

Estamos orando por todos.

domingo, 17 de abril de 2011

COMO SER UM CRISTÃO VITORIOSO NOS ÚLTIMOS DIAS? I Parte.

CAUSAS E EFEITOS.

Cada dia que passa, cumpre-se as profecias bíblicas, dentre elas a do esfriamento do amor, os tempos trabalhosos, cf 2º Timoteo, os falsos profetas entre outras.

Reconhecemos que tem havido muitas mudanças no meio da Igreja de Cristo. Teólogos liberais estão por toda parte ensinando um evangelho liberal, que levam os cristãos a uma vida de estagnação espiritual.
Líderes e liderados estão apostatando da fé e como conseqüência; modismos e heresias são introduzidas entre os seguidores de Cristo.
Como a Igreja de Laodicéia, uma Igreja morna (Apocalipse 3), que se achava farta e abastada tendo o Senhor Jesus do lado de fora,  batendo na porta, representa muito bem a Igreja do século XXI, quando Cristo não é mais o centro das atenções, porém o homem passa a ser o centro de tudo.

Falar, escrever, denunciando estes desvios doutrinários é importante, mas percebemos que se está dando mais ênfase aos efeitos, do que  as causas. Se há goteira em sua casa, não adianta se preocupar com os efeitos, a goteira, todavia o importante é atacar a causa, trocando a telha quebrada.

Muitas vezes saímos do culto tristes e aborrecidos por ouvirmos pregações espezinhando a noiva de Cristo, colocando-a tão desprezível, dando a entender que está tudo perdido e que não resta mais esperança.
Enfatizar as conseqüências, parece não ser boa alternativa. Precisamos ver as causas que está levando a Igreja (visível) ao estado atual. Se faz necessário analisar as causas, a lei da causa e efeito.

Entendemos que o combate satânico contra a obra de Deus, começara lá no Edem e tem se estendido até os dias de hoje. Já entre os apóstolos e a Igreja primitiva, a ação do mal era notória.
Desde o começo até hoje, vivemos dentro de um contexto profético, de formas que não assusta a predileta de Deus, a Igreja invisível, composta dos fieis; ao contrario, a motiva a estar firme, sendo a luz e sal da terra.

O homem busca para si a honra, glória, a atenção e ajem astutamente contra os escolhidos. Precisamos superar esta situação, sabendo que os olhos do Senhor (Salmos 101:6) estão procurando os fiéis da terra para que possa servi-lO. Desejemos ardetemente ser um dos fiéis, achados pelo Senhor neste século.
Estamos consciente que é "impossível evitarmos os encandalos, mas ai daqueles por quem vierem" (Lucas 17:1). Devemos olhar para nós mesmo, conforme (II João 8),  cuidando para não sermos achados faltosos. Evitar a todo custo se embaraçar com os negocios desta vida (II Timoteo 2:4).

Já recomendara nosso Mestre: "Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem." (Mateus 7:13,14). Portanto, não é de admirarmos ao vermos as aberrações doutrinarias e comportamental de uma grande parte daqueles que se dizem cristãos. Temos que louvar a Deus porque "O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar", disse Jesus em (Mateus 24:35). Que as palavra motivadora dita a Daniel, "Tu, porém, vai até ao fim..." (Daniel 12:13a), seja um incentivo para nossa vitória.

Evitemos apegar-nos aos efeitos e nos posicione-mos contra os motivos, as causas que opera todas essas mazelas a qual é o afastamento de Deus. Vamos seguir a orientação das sagradas Escrituras: "Chegai-vos a Deus e ele se chegará a vós" (Tiago 4:8a).

Vamos seguir a orientação do Apóstolo Paulo que nos ensina: " Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçados os pés na preparação do evangelho da paz; tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação e a  espada do Espírito, que é a palavra de Deus, e orando em todo tempo com toda oração e suplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança e súplica por todos os santos" (Efésios 6:14-18).

Ao invés de estarmos criticando e até ridicularizando a Igreja, generalizando tudo, vamos orar, pedindo a misericórdia de Deus por nós e por aqueles que se afastam de Deus, procurando salvar alguns arrebatado-os do fogo, conforme Judas 23 e tendo cuidado para não cairmos, "Quem está em pé não caia" (I Coríntios 10:12). Bem-aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim" (Mateus 24:46).
Tomando estes cuidados poderemos ser um cristão vitorioso, firmando-nos cada dia em Jesus Cristo, aguardando a sua vinda que tão perto está.