segunda-feira, 18 de março de 2013

12 REGRAS PARA CRIAR FILHOS DELINQUENTES.




12 Regras para Criar Filhos Delinquentes

12 Regras para Criar Filhos Delinqüentes

http://www.centrorenovo.com.br/cre1/pais/para-pais-de-alunos/artigos/item/27-12-regras-para-criar-filhos-delinquentes Acessado em 18/03/2013.

1. Comece dando tudo o que seu filho deseja, desde pequeno. Deste modo ele crescerá acreditando que o mundo estará ao seu dispor.

2. Quando você apanhá–lo falando palavrões, ria.
Dessa forma ele pensará que isto é “legal”. Esta sua atitude também o incentivará a falar mais frases “legais” deste tipo, e mais tarde isto fará com que você perca a alegria de sua vida.

3. Nunca lhe dê qualquer treinamento espiritual.
Espere até que ele tenha 21 e então deixe que ele “decida por si mesmo”.

4. Evite uso da palavra “errado”.
Isto pode desenvolver nele um complexo de culpa. Isto o condicionará a acreditar mais tarde, quando ele for preso por roubar um carro, que a sociedade está contra ele e o persegue.

5. Apanhe tudo que ele deixa espalhado: livros, sapatos e roupas. Faça tudo para ele, assim ele será acostumado a lançar toda a responsabilidade sobre outros.

6. Permita que ele leia qualquer assunto que chegar às mãos dele.
Tenha cuidado para que os talheres e copos sejam bem limpos, mas deixe que a mente dele se alimente de lixo.

7. Discuta com freqüência na presença de seus filhos.
Desta maneira eles não ficarão chocados quando, no futuro, seu casamento fracassar ou sua família se desintegrar.

8. Dê a seu filho todo o dinheiro que ele quiser.
Nunca permita que ele ganhe seu próprio dinheiro. Por que ele deveria obter as coisas com a mesma dificuldade que VOCÊ?

9. Satisfaça todos os desejos dele por comida, bebida e conforto.
Certifique–se de que todos os desejos dele são atendidos. O ato de negar alguma coisa pode causar uma frustração dolorosa.

10. Tome o partido dele em questões contra vizinhos, professores e policiais.
Todos eles só querem mesmo é prejudicar o seu filho.

11. Quanto ele se meter numa enrascada e estiver com problemas sérios, justifique-se dizendo:
"Eu nunca consegui fazer nada por ele” ou “eu não sei o que fazer com este menino, já falei tanto”.

12. Prepare-se para uma vida pesada e de sofrimento.
É somente isso que você terá na vida.

Embora seja difícil acreditar nisso, seus filhos desejam a liderança de vocês como pais. Eles estão procurando um modelo para seguir, um exemplo espiritual para solucionar seus problemas de relacionamento, financeiros, e outros. Eles estão procurando o amor e a compreensão de seus pais.

Seus filhos necessitam de seu incentivo. Jovens e crianças respondem ao elogio. Todos os pais deveriam ser rápidos para elogiar seus filhos quando vão bem
Na escola, na igreja ou em casa. Há um poder fantástico no elogio dos pais.

Os filhos precisam do carinho dos pais tanto quanto oração. Você já abraçou seu filho hoje? Você já demonstrou amor por ele hoje? Você disse a ele hoje que o ama?

As crianças também respondem positivamente ao elogio na escola. A Organização Nacional de Pesquisa em Washington, D.C., relatou o seguinte: “Depois de uns quatro anos de estudos em 12 escolas nas redondezas pobres de Londres, uma equipe da Universidade de Londres descobriu que a maneira como uma escola é dirigida pode fazer uma grande diferença no aprendizado e no comportamento da criança. As crianças obtiveram um desempenho melhor em escolas onde as aulas começavam na hora certa, onde o elogio era usado freqüentemente e no momento certo, e onde os alunos sentiam que ser bem sucedido (atingir os objetivos) era algo natural”. Os pais (pai e mãe) são os líderes naturais da família. Os filhos seguirão os passos de seus pais, se estes, especialmente o pai, lhes ensinarem um estilo de liderança que honra a Cristo.

Traduzido do original “Parental Leadership”
Dr. Paul A. Kienel, Fundador e Presidente Emérito da Associação Internacional de Escolas Cristãs (ACSI).